Salvador das Missões, sábado, 24 de fevereiro de 2024. Bom dia!
MENU ☰
COMPRE ON-LINE
Abrir cotações e previsão do tempo
COTAÇÕES
Atualizado: 23/02/2024
Válida até às 15h
Soja
R$ 106,00
Bonificação Safras Anteriores: R$ 1,50
Bonificação Safra 2022: R$ 2,00
Biodiesel: R$ 1,20
Milho
R$ 50,00
Trigo
R$ 63,00
PH 78
Sem previsão de chuva
MIN
º
MÁX
º

Projeto Fomento Leite

Publicado em 01/07/2010 por Adriel Schardong

LANÇADO PROJETO FOMENTO NA BACIA LEITEIRA

A Cooperoque novamente surpreende a região ao lançar o pioneiro Projeto de Fomento na Bacia Leiteira. O projeto tem como principal objetivo, promover o desenvolvimento rural, através da profissionalização do produtor e a gestão da propriedade.

Conforme colocações do presidente da Cooperoque Sr. Otmar, é um projeto que vem amadurecendo desde 2005, e o passo inicial foi dado em 2009, com a realização do curso de profissionalização do produtor na atividade leiteira e está sendo viabilizado num momento de prosperidade da Cooperativa e dos Associados e, junta-se às demais atividades, para levar aos produtores de leite conhecimento, aperfeiçoamento e uma conseqüente maior produtividade e renda.


Conforme explanado pelo médico veterinário Dr. Fábio Rizzo, esse projeto, além de ser pioneiro, com certeza vai ser um marco na história leiteira da região, pois além de qualificar o produtor e a propriedade, vai agregar valores e elevar muito o padrão de vida dos produtores.

Para que esses objetivos sejam alcançados, a Cooperoque disponibilizará aos 40 selecionados, mensalmente, duas visitas de profissionais (técnicos e médico veterinário), que atuarão decisivamente a nível de propriedade, na detecção, correção e auxílio na gestão rural. Como diz em suas explanações o Dr. Fábio – “vamos ser mais um membro na família, vamos sentar juntos, planejar as ações e fazer todos ser mais felizes”!

Os investimentos da Cooperoque, que não são poucos, não terão custos aos produtores. Serão também disponibilizados aos mesmos o melhor em tecnologia de apoio, como aparelhagem de ultrassonografia, suporte a projetos técnicos agrícolas, de investimentos e ambientais, entre outros. Esses investimentos, conforme esclarecido aos presentes pelo Superintendente Elmar, serão custeados também pela Cooperativa. Frisou ainda que, a exemplo de outros setores da Cooperativa como o de grãos e insumos, chegou o momento dos produtores de leite receberem incentivos e aporte necessário de recursos para o desenvolvimento do projeto.


Ficou claro aos presentes, que o projeto é audacioso e que o nível de comprometimento entre associado e cooperativa é elevado. Mas é um projeto bem planejado e estruturado e certamente é mais um investimento que vem pra ficar e criar raízes dentro do quadro social da Cooperoque.

O projeto conta com o apoio da CCGL, além das entidades ligadas á agricultura de nossa região de abrangência: STR, Emater e Secretária da Agricultura dos municípios de Salvador das Missões, Cerro Largo, Rolador, São Pedro do Butiá, Roque Gonzáles, São Paulo das Missões e Campina das Missões. Todos os municípios foram contemplados com a participação de produtores no projeto piloto de implantação das primeiras 40 propriedades modelo de gestão na propriedade leiteira. Agradecemos a presença de todas as entidades acima registradas no lançamento do projeto.

Orgulhamo-nos em poder oferecer aos produtores e à região um projeto inovador, de envergadura, que irá mudar conceitos e preceitos no setor leiteiro, além de contribuir significativamente no fortalecimento da agricultura e da economia regional.

Ler mais notícias

Esse site usa cookies.

Nós armazenamos dados temporariamente para melhorar a sua experiência de navegação e recomendar conteúdos do seu interesse. Ao utilizar o serviço, você concorda com este monitoramento.

Para mais informações, acesse a Política de Privacidade.